Veteranos do 5º Ano

GR3_8364

Creative Commons License Caruth Institute for Engineering Education via Compfight

Afonso – Um bom momento do 2º ciclo foi fazer amigos novos.

Alexandre  – Ya, brincar com novas pessoas… a turma tornou-se um pouco faladora a partir do 2º período, mas é muito boa.

Afonso – O momento mais difícil foram as Provas de Aferição, porque estudamos muito. Na primeira prova estamos muito nervosos e não sabemos como ela vai ser. Afinal, antes de fazer, rezava cinco vezes e, no fim, achava-a mais ou menos fácil. Na Prova de História, só as primeiras cinco páginas eram imagens e perguntas de cruz.

Alexandre – O momento mais difícil foram os testes. A minha antiga escola, “Os Aprendizes”, é uma escola aberta, não ensina da mesma forma.  

Alexandre – Um bom método de estudo é ter explicadoras. Está-se mais concentrado do que na aula e elas explicam melhor, porque é mais personalizado. Quando estudo só, gosto de pôr uma música no telemóvel.

Afonso – Eu antes tinha uma explicadora que era psicóloga, depois a prof. Inês, a Mãe e o Pai. Quando estudo só, leio em silêncio, depois em voz alta; leio tudo seguido, mas com paragens; gosto de fazer apontamentos, de estar com a porta fechada e em silêncio. Tenho sempre dois pacotinhos de bolachas e uma chávena de leite. A minha Mãe faz-me um horário fixo.

Alexandre – Para o último teste de Português, fiquei no quarto, em silêncio; revi tudo, estudei todos os dias um bocadinho. 

Afonso e Alexandre:E Estamos satisfeitos com as nossas notas!

Afonso F e Alexandre B, 5D

Print Friendly

Conversas na Oficina: Uma Raposinha no AquaPark

On the Run! Pat Gaines via Compfigh

          O Dia começou como normal, com o Túlio, panda vermelho ou pequeno, que acordou e disse:

    – Vou pintar as caras dos meus irmãos e irmãs com pasta de dentes.

     E desenhou uns bigodes ao Vanya, o cabrito; e com a caneta desenhou os olhos e foi ter com a Svetlana, eu, a raposa com seis caudas e penteado vavilonas e também sou um Pokémon Vulpix, nº 37 e desenhou-me uma barba e uns olhos.

     Eu acordei e ralhei:

     – Tuuuuuulio! Apaga isso, depressa!

     O Tuliou apagou e disse-me:

     – Tu viste a tua cara?  – E riu-se.

      Eu, Svetlana, dei-lhe uma bofetada:

      Twack! E afirmei:

     – Se me voltas a fazer isso, vais ser o meu saco de boxing!

     Ao pequeno-almoço os pais perguntaram:

    – Crianças, sabem onde nós vamos?

    – Vamos ao Aquapark?

    – Claro! – responderam os pais.

       Nós fomos numa caravana, o Tulio, os seus irmãos, eu, os cachorrinhos de Huskie, Aliosha, Grisha, os cachorrinhos de Boxer, todos  para o Aquapark e, no minuto certo, os cachorrinhos de Huskie, exclamaram:

      – Estamos cansados! – a viagem era longa.

    Quando chegaram, eu mostrei os Escorregas radicais, chamados “Tornado-Kamikaze-Whirlwater”.

     Eles experimentaram as  diversões mais espectaculares. Recordo quando Vanya gritou:

     – Não Quero!

      Mas depois, todos se divertiram imenso e regressamos à noite. Nunca me esquecerei desse dia maravilhoso.

(Em parte ditado)

Svetty T, 5B

Print Friendly

Conversas na Oficina: Ideias para o Futuro

Elite Dangerous / Careful of the AsteroidsCreative Commons License Stefans02 via Compfight

      Avalio o meu desempenho como suficiente. Subi muito em Moral, mas tenho que estudar mais para Português, pois desci. A HGP desci a média e a CN muito pouco.

     A Português desci por causa dos tempos dos verbos, e o que é mais difícil para mim nos testes são as interpretações de texto. Nas composições posso melhorar os advérbios e as preposições.

      A minha estratégia para HGP é escrever apontamentos, tentado fazer por palavras minhas e uso as do Manual que não posso mudar. O meu Pai estuda um pouco comigo.

      A CN desci muito pouco, mas devido à forma como as perguntas são feitas. A Estratégia de recuperação vai ser estudar mais sobre os  animais fazendo perguntas por palavras minhas e imitando os exercícios do teste.

     A subida a Moral foi graças ao resumo que o Prof nos deu; escrevi algumas ideias do papel que o Prof nos deu, acrescentei outras ideias do Manual e fui buscar outras ideias à minha cabeça. Gostei de pensar sobre os sítios em que Jesus foi um homem verdadeiro e verdadeiro Deus e onde viveu na Terra.

     Os meus Projetos de Páscoa são fazer alguns ovos de decoração, comprando doces para comemorar, se conseguir. Brincar com a minha vizinha, é a única companhia que tenho, é como a minha melhor amiga. Gosto de desenhar, uso um caderno de folhas lisas, desenho por imaginação, pois ganho as minhas ideias nos meus sonhos, quando estou a dormir à noite. Tenho uma cabeça fresca, lembro-me bem dos sonhos.

     Estou a ajudar um rapaz que tem cancro, com toda a minha Turma: compramos alimentos,  vendêmo-los por preços mais baixos e enviamos o dinheiro para esse menino, que se chama Tiago.  

     Desejo que nós ajudemos todas as pessoas do mundo que precisam de ajuda!

Michael S, 5A

Print Friendly

Conversas na Oficina: MB e MM

Imagem: Oficina de Escrita

MM – Qual é o teu um objetivo para o 3º Período?

MB – Voltar a subir a HGP, pois desci muito.

MM – Eu subi a Matemática: tive 73% e quero continuar a subir. Outro objetivo é subir a HGP, em que também desci muito, mas estudei imenso.

MB – Estudaste mal.

MM – Eu desci porque achei as perguntas difíceis. A matéria também é muito árida.

MB – Eu distraio-me na aula e devia ter estudado mais. O Gonçalo e o Flor distraem-me na aula.

MM – Passa-se o mesmo comigo. Subi às outras disciplinas, mas o Prof não me deixou mudar mais para trás. Continuo entre o Areia e o Gonçalo.

MB – Também subi ás outras disciplinas. Já tenho 60% a Português.

MM – Um bom método de estudo, para mim, que sou mais visual, é escrever resumos com cores diferentes.

MB – Faço desenhos, sobretudo a Ciências e sou mais auditiva.

MM – Um bom momento deste Período foi quando faltei á escola: fui à Serra da Estrela e queimei a mão na neve; caí a fazer sky.

MB – Um bom momento foi a Festa do meu Amigo: fomos todos juntos ao Bounce, com os melhores amigos e depois fomos todos juntos para casa dele.

MM – Os meus projetos de Páscoa são passá-la em Família. Tenho 19 primos e a minha Tia está grávida de gémeas: vão ser 21 e, ao todo, somos 42 primos direitos. Nós, os pequeninos e só até aos dez anos, fazemos a caça aos ovos. Eu e a minha prima vamos receber um buldog francês e estamos a pensar fazer uma caça ao tesouro com poistas para os priminhos pequeninos.

MB – O meu projeto é que a minha avó melhore e pare de subir o escadote. Ela vive no Folhadal, ao pé de Viseu. Na Páscoa vou vê-la e tenho um primo lá também. Vamos tentar convencer a Vovó para não viver sozinha.

MB e MM – Os valores supremos para uma vida feliz são a Família e os Amigos.

MM – Fiz uma experiência solidária indo ao Shopping recolher comida para o Banco Alimentar.

MB – Também fazia isso quando era escuteira. Havia uma Senhora com dois cães que não tinha dinheiro, mas nós ajudamos a Senhora e os cães. Ela vivia num cantinho, no meio da rua.

MB e MM – Para Inovar a Escola, podemos fazer jogos para aprender. Por exemplo, o Str de Matemática diz “Barra – 4:2” e nós fazemos as contas e vamos a correr buscar o lenço. Também podemos fazer mais trabalhos de Grupo, usar suportes digitais. Temos muito mais ideias com os outros.

MB – Se aparecesse alguém, quem escolherias?

MM – Justin Bieber! No dia dos anos enviei-lhe uma mensagem. É o adolescente mais famoso do mundo! 

MB – Alguém que merece um magnífico obrigada é a minha Avó. Porque sempre cuidou de mim quando eu estava doente. Convivemos muito quando eu era pequenina. Fez dia 14 um ano que ela morreu.

MM – A Minha Avó! Gostaria tanto de a rever!

MB – Eu também gostava tanto de a rever. Porque também me encheu de carinho!

Maria B e Maria M, 6ºB

Print Friendly

Conversas na Oficina: Projetando o Estudo – Afonso S

'Learning how to monk'

Gabriel de Castelaze via Compfight

      Avalio o meu desempenho, este 2º Período, como muito bom. Subi a Matemática, mantive quase tudo e desci um pouco a Português.

     A subida a Matemática deveu-se a ter estudado com o Francisco N e de ter passado a estar mais atento nas aulas.

     A descida a Português deve-se a ser uma disciplina em que estudei menos, porque houve muitos testes perto. Senti que esses testes eram mais importantes, porque tinha médias mais baixas nessas disciplinas, por isso estudei mais para esses testes.

     Reformulando os objetivos para o 3º Período, gostaria de subir a Português e gostaria também de poder melhorar a Matemática.

    A minha estratégia de estudo preferida é quando a minha Mãe lê e faz uma revisão comigo; para Matemática, eu simplesmente faço exercícios, a minha Mãe vai ao livro de atividades, vê o que já foi feito e usa o que não foi feito, ou apaga tudo para eu fazer de novo.

Afonso S, 5C

Print Friendly

Conversas na Oficina: Projetando o Estudo – Layane

Adventure - Option 1

chiaralily via Compfight

 

Avalio o meu desempenho este período como sendo bom; mantive a minha excelente média a Inglês, subi, desci e subi a Matemática; desci a Português e a HGP.

     A subida a Matemática deve-se a ter estudado muito durante dois dias, à base de exercícios e sem telemóvel.

    A descida a HGP deve-se a eu achar muito difícil o texto do Manual. O professor explica muito bem; decorar é que é difícil. Às vezes recordo o que ele escreveu no quadro e as coisas que disse. Por exemplo: a data de 1415, disse que era 14 – 15, tornou-se fácil. No teste, lembrei-me do Prof. Paulo a falar.

    Reformulando os meus objetivos para o 3º Período, gostaria de subir a HGP, a Ciências, a Português e também a Matemática.

     A melhor estratégia será estudar uma semana antes de cada teste por etapas. Em HGP, gosto de ler um pouco, tapo e depois digo por palavras minhas. Em CN, escrevo apontamentos e depois verifico no livro. Desta vez vou estudar por pequenas etapas, marcando as datas na Agenda, com um quadradinho à frente para depois confirmar com um “V”.

     Desejo a toda a gente uma Feliz Páscoa e que vivam dias muito bons!

Layane S,5C

Print Friendly

Percursos pelo 1º Trimestre

Zuri ♀ Chimpanzee

Creative Commons License Mertie . via Compfight

Conversas na Oficina: João R

     Prefiro estudar à mercê do vento, mas é sempre bom ter um horário, para se um dia precisamos mesmo de estudar.

     Os TPC, normalmente, cumpro-os, quando os professores marcam, por vezes consigo fazê-los na aula.

     Para seguir as lições, tento estar atento na aula, escrevendo, mesmo que me distraia.

     Gosto de estudar, mas quando não sabemos a matéria torna-se mais difícil; por isso tento estar atento nas aulas; então vejo que já sei fazer determinados exercícios.

    Tive notas melhores a Ciências, o meu avô reparou que estava muito mais preparado do que antes, que estou muito mais autónomo.

    Faço mapas de ideias; gosto muito de mapas: às vezes. vou a sítios onde não é permitido eu estar, e vou de bicicleta com um bloquinho e uma caneta; vejo, se entrar num sítio, como hei-de fazer para sair. Gosto de saber como são os locais à noite: que sítios são perigosos, em que sítios tenho de ter cuidado ao passar por eles, a que sítios posso ir …

      Gosto de ler em voz alta e depois repetir mentalmente. As revisões finais são feitas a ler até 5 vezes. Uma vez li quase dez vezes uma matéria de Ciências e tive 83%. A professora dá-nos os objectivos, eu ponho um ponto de interrogação nos objectivos e transformo cada um numa pergunta: isso ajuda-me para orientar o estudo.

    No estudo, o que favorece a minha concentração é ler em voz alta e em silêncio. Agora não consigo estudar com música. Fatores que me desconcentram são a minha irmã pequenina, Madalena, quando ouve tv aos altos berros, e às vezes bate à porta ou entra pelo quarto a dentro para brincar.

     Momentos bons deste período foi fazer o mapa das horas de saída; descobri onde está o ponteiro vermelho do relógio da sala em cada dia da semana, menos à 6ª que estamos em EF, quando se ouve o toque de saída. O ponteiro está aos sete segundos e toca; à segunda é irregular, numa semana tocou aos zero, outra vez aos 5 segundos e outras vezes aos sete.

   Os meus objetivos para o 2º Período são subir a Matemática, Físico-Química e Português.

João R, 8B

Print Friendly

Nos Meandros do Estudo

Study

Steven Feather via Compfight

Conversas na Oficina: João F

     1 – Preparar testes

  • História – faço o questionário todo num dia. Depois os exercícios do caderno que faltarem. No último dia, se for o 1º teste desse período, leio as páginas do manual e faço os exercícios.
  • Gostava mais de ler e depois perguntar a mim próprio o que acabei de ler e dar a resposta.
  • O que faço é ler uma parte ou uma página e sublinhar;  num caderninho, com folhas brancas, ponho o nome da disciplina, o nº da página e escrevo; por exemplo, se estiver no livro, “mumificação” com a definição, escrevo o que sublinhei. Isto é o que temos de fazer.
  • Agora tenho um método: no dia anterior, se for um 2º teste, faço o primeiro teste outra vez, penso em cada pergunta 3 vezes e só se não souber é que olho para o caderno. Descobri que assim consigo ter positiva com certeza. E depois, no livro, estudo como se fosse o 1º teste.

     2. Para Recordar

  •  No teste estou a pensar, o cérebro “dá um estalo” e simplesmente recorda-me do que eu estudei. O recordado é visual e depois lembro-me de verbalizar a definição para dentro; o meu cérebro consegue percebê-la e manda-ma para o conhecimento.
  • Antes do teste, queres recordar a matéria, com o Manuel. Em relação a assuntos que eu não gosto, estudo mais do que o normal, mas mesmo assim não vale de nada. Pois se uma pessoa não gosta do que está a fazer… eu preferia ter um emprego sobre o que gostasse muito mesmo que ganhasse pouco.
  • Quando eu e o Manuel gostamos do mesmo assunto: combinamos pesquisar em casa, depois juntamo-nos e estudamos tudo juntos.

          3 – O Método mais Perfeito

  • Uma pessoa estuda 3 vezes: na 1ª, lê sem fazer exercícios. na 2ª, faz exercícios indo às páginas, na 3ª, corrige os exercícios que fez na 2ª vez e lê do início ao fim, mas parando e recordando até acabar onde é suposto.

         4 – Sobre Pausas

     Deve-se sair do quarto, ir à cozinha, fazer uma festa à gata. De 45 em 45 m fazer intervalos de 10m.

        5 – Durante o Teste

  • Vou pôr os meus olhos (não naturalmente, claro) no passado desse tempo: os meus olhos fazem “zoom” sobre o que recordo e depois ouço o professor a falar sobre isso.

     6 – Atenção na Aula

  •  Um ouvido está 35% a ouvir os colegas e 65% está a ouvir o que a Strª está a dizer.

João Francisco 7B

Print Friendly

Dialogando sobre o Estudo – II

Imagem: Oficina de Escrita

Conversas na Oficina: Isabel  e Carolina

(II Parte)

I S – Faço textos em casa. Quando acabam as férias, tenho de escrever. Faço textos com imagens.

C M – Estou a preparar presentes para os meus Pais: estou a fazer um Power Point. Vou dar o meu IPad à minha irmã, pois tenho um Tablet e estudo nele para EV.

I S – Quando tenho de recordar no meio de um teste, lembro-me dos estudos, dos meus apontamentos. Consigo ver os apontamentos na minha cabeça.

C M – A minha irmã ajuda-me. Para recordar num teste, vejo o livro, o que a professora mandou sublinhar e, às vezes, o que a minha irmã disse.

C M – A minha Mãe resume, faz uma espécie de esquema; o meu pai desenha: faz, por exemplo, um prédio. Eu, ao recordar, vejo o que o pai desenhou, vejo os números que ele escreveu. A minha irmã pega num livro de estudo e faz perguntas até eu acertar. À noite, antes de adormecer, recordo as coisas mais difíceis; vejo o caderno onde o meu pai escreveu, faço perguntas a mim própria.

I S – Antes do teste sobre “A Viúva e o Papagaio“, ao deitar-me, revia a história dentro minha cabeça.

C M – Às vezes perco pontos, porque estou tão nervosa e, afinal, a resposta estava na pergunta, mas eu não a vi.

I S – Eu dou erros quando a palavra já está lá escrita e mesmo assim tenho erros. Nos testes, quando não sei, lembro-me da minha Mãe a explicar-me, ouço a sua voz.

C M – Objetivos para o 2º Período: subir a Matemática e ter boa nota na Sementinha 

I S – Os meus objetivos são subir a Ciências e também ter boa nota na Sementinha!

Isabel S e Carolina M, 5D

Print Friendly

Dialogando sobre o Estudo – I

Imagem:  (CCGuia da Cidad 

Conversas na Oficina: Isabel S e Carolina M

(Parte I)

I SA minha melhor estratégia de estudo foi andar com a minha Mãe a passear no Paredão e a fazer-me perguntas de HGP. Tive 81,5%, foi ótimo!

C M – Eu escrevo resumos no caderno; a minha Mãe vai ver se os resumos estão bem para eu estudar por aí.

I S – Faço apontamentos em folhas e estudo por eles.

C M – Sublinho e copio aquilo que sublinho.

I S – Leio uma frase ou parágrafo e escrevo as ideias mais importantes.

C M – Decoro muitas coisas quando a minha irmã de 13 anos estuda comigo: ela faz uma graça ou diz algo mal de propósito e eu, assim, depois lembro-me sempre.

I S – Para o teste de HGP, a minha mana de 12 anos foi buscar o seu segundo teste do ano, copiou as perguntas e eu escrevi as respostas.

C M – A minha irmã só estuda comigo depois de eu ter estudado: faz-me perguntas. Só Música e Moral é que estuda. Ciências e HGP estudo com a minha mãe, mas a mana faz perguntas. Também faço textos em casa. Penso o que vou fazer em cada dia e ponho o despertador.

I S – Nós planeamos de manhã e estudo no tempo combinado. É melhor estudar com pausas.

C M  – Faço pausas: vou lanchar, levo os cães a passear, lancho se tiver fome, vou à cama esticar-me, jogo voley e brinco com o meu cão.

I S – Faço pausas quando vou comer; às vezes paro para ir brincar, para fazer um jogo com as minhas irmãs: faço jogos de tabuleiro, como o Monopólio, mas interrompemos; depois volto a estudar.

CM e ISQuando soubermos as últimas notas dos testes vamos escrever os novos objetivos para o 2º período.

(Fim da Parte I)

 

Isabel S e Carolina M, 5D

Print Friendly

Os Resumos Fiéis

Imagem: Oficina de Escrita

   Este período, estudei, como sempre, fazendo resumos.

  1 –  Primeiro leio uma frase longa ou parágrafo; em seguida, releio, depois  sublinho o que acho mais importante.

  Só a partir daí é que posso escrever.

2 – Quando termino um assunto, começo a escrever. Vou olhando e copio o que tinha sublinhado.

3 – Estudo depois pelo manual, não pelos meus apontamentos.

4 – Durante os testes, quando quero recordar, penso no que estava no manual. Se me lembro, vejo mentalmente o que estava escrito.

5 – Para fazer revisões, volto ao Manual e às sínteses no final dos capítulos. Há disciplinas em que faço exercícios: Físico-Química, Geografia e, algumas vezes, Ciências.

6 – Aproveito as aulas estando com atenção e, quanto  a intervir,  prefiro que o professor me chame.

Tomás O, 9C

Print Friendly

Estudo: o “Método-Reis”

metodo_reis

Imagem: Oficina de Escrita

Conversas na Oficina: o“Método-de-Estudo-Reis”

     1 – Leio em voz alta e em silêncio, mas com barulho de fundo para me fazer companhia.

      2 – Leio de novo, mas só o mais importante.

     3 – Leio as sínteses e os gráficos do final dos capítulos.

     4 – Releio o que sublinhei nos cadernos diários e recordo o que estudei.

     5 – Na escola, gosto de dialogar a matéria com os colegas, de fazer os exercícios.

      6 – Para  História, uso o questionário.

     A CN fazemos os exercícios do livro, em aula, como “soluções”, e levamo-los para fazer de novo em casa consultando essas “soluções”.

     Para Português uso um caderninho de gramática que funciona entre o livro e o caderno: lá ponho gráficos, aponto o significado dos termos e simplifico. 

     7 – Faço pausas pelo meio do estudo: a ciência já demonstrou que, mesmo os adultos só conseguem estar “focados na raça” só 10m; faço pequenas pausas de 30 em 30m.

      8 – O principal fator de desconcentração, para mim,  é a música.

Afonso R, 8C

Print Friendly

Maneiras de Estudar: Ana D

ana_s_d

Conversas na Oficina: Ana D

OE – Como estuda antes de um Teste?

Ana D – Às vezes, leio tudo por parágrafo, depois tapo e tento repetir; tento responder ao questionário, sem ver.

OE – Quando tenta responder, como recorda?

Ana D – Quando o livro tem imagens, vejo as imagens; ouço o meu pensamento a repetir as frases.

OE – Experimente somar 49 com 11 e diga como realizou a conta mentalmente.

Ana D – Ouvi o meu próprio pensamento a dizer a conta, por extenso: “quarenta e nove mais um cinquenta, mais dez, sessenta”.

OE – Como costuma fazer as suas pausas durante o estudo?

Ana D – Às vezes estudo uma hora e paro um bocadinho. Não sei quanto tempo.

OE – Quais são os pontos que gostaria de desenvolver, depois deste primeiro trimestre?

Ana D – A Matemática, gostava de treinar as  contas de dividir; a tabuada; em ângulos e na bissetriz, já tive a nota máxima; a Português, a interpretação de texto e a gramática.

OE – Quando está num teste, como recorda as respostas pedidas?

Ana D – Ouço o meu pensamento; lembro-me das imagens, mas não as vejo nítidas.

OE – Costuma fazer esquemas ou apontamentos escritos?

Ana D – Para HGP faço esquemas; para Português, Matemática e faço apontamentos; para Ciências, às vezes, também faço.

OE – O que gostou mais de estudar nesta estreia do 2º Ciclo?

Ana D – Gostei mais de estudar Música e Ciências.

OE – Muito obrigada, Ana, pela sua partilha.

Ana Sofia D, 5A

Print Friendly

Objetivo: subir a Matemática

IMG_5285 

Pr3liator via Compfight

Conversas na Oficina: Rafael Cy

(II parte)

OE Depois do seu sucesso a HGP, qual é o próximo objetivo que pretende alcançar?

R C – Nas férias, a minha Mãe disse para eu estudar Matemática: é o meu objetivo para o 2º Período. Vou estudar de 16 a 22 de Dezembro. Não no Natal, nem quando for para os Açores.

OE – Tem algum incentivo específico para esse estudo em férias?

R C – Vou estudar com o meu irmão António, que tira 19,5 a Matemática. Passados nove anos de o meu irmão estudar bem, a minha Mãe deu-lhe uma consola onde eu também jogo World Fitness, na box e a Family World, que explica como estar em Família e o que fazer.

OE – Como pensa que se vai desenrolar esse estudo com o Mano?

RC – O meu irmão diz-me sempre assim: 1º lês tudo, depois vens ter comigo dizer o que não percebes. Faço então exercícios sobre o que não sei.

OE – Deseja partilhar o seu projeto dos Açores?

R C – Vou passar o fim de ano em Ponta Delgada. Na noite de 31, vou vestir um blaser para o “réveillon”; vamos levar champanhe de maçã para festejar em casa dos meus tios, que são da empresa Cymbrom.

Rafael Cy, 5C

Print Friendly

Sucesso a HGP

lego_notebook_4

Imagem: A Nerdd’s Back to School Essentials

Conversas na Oficina: Rafael C

OE – Qual foi o seu maior êxito alcançado nesta estreia do 2º Ciclo?

R C – Em HGP fiz umas dez páginas de resumo: tive 66%, subi imenso!

OE – Como constrói os seus resumos?

,   Por exemplo, ao escrever sobre as Comunidade Recoletoras, escrevi tudo o que os homens primitivos recolhiam, resumindo o que estava escrito, num caderno próprio. É um caderno só para apontamentos, que tem cubinhos de Lego, de borracha, na capa.

OE – No Teste, quanto tenta recordar, como faz para o conseguir?

R C – Fecho os olhos, penso na matéria que escrevi: é como se aparecesse à minha frente e eu estivesse a ler tudo o que está lá. Vejo, mentalmente, os meus apontamentos.

OE – Qual é o ritmo de pausas que costuma usar, durante o estudo?

R C – De 20 em 20 minutos, posso fazer pausas de 10 m.

OE – De que é que gostou mais até agora, no seu 5º ano?

R C – De HGP. Hoje estivemos a ver os Croods, que, além de ser giro, fala sobre como viveram os homens das cavernas: eles bebiam os ovos dos animais selvagens.

OE – O que é que apreciou mais na disciplina de HGP?

R C – As comunidades primitivas: recoletoras e agrícolas. Ainda não demos, mas adoro a Formação de Portugal e a Romanização. Já no 3º ano eu queria ser Professor de História!

OE – O que é um bom professor, para si?

R C – O professor que lê tudo com os alunos. Depois, mesmo que não estejam atentos, não vamos gritar com eles, mas vamos fazer perguntas sobre a matéria, para ver se eles sabem.

OE – Partilhe uma sugestão para a Escola se tornar mais criativa.

R C – …. Eu já gosto desta Escola.

(Fim da I Parte)

Rafael C, 5C

Print Friendly

Avaliação de Desempenho e Novos Projetos

treino_para_exame

Imagem: Oficina de Escrita

Balanço de Desempenho e Objetivos para o 3º Período

        O que correu francamente melhor este período nas disciplinas de estudo:

       O teste de HGP

      A que é que se deve esse progresso?

      Ao facto de estudar mais.

     Qual o método de estudo que funciona melhor com HGP?

     Ler e fazer perguntas.

     Podemos aplicar este método a outra disciplina que precise de progresso?

    Podemos experimentar a Inglês.

     Notas a Partilhar

 81% HGP; 80% a CN ficha; 65% a Português.

     Objetivos para o 3º Período

       Subir a Matemática e a Inglês.

Estrutura do 3º Período

Sem 1 a 4 – de 4 a 26 de Abril

Sem 5 a 8 Maio

 Sem 9 Junho

Semanas de estudo

2 e 3 + 6 e 7.

Método a Aplicar para Inglês

Treino intensivo de Gramática.

Fazer os tpc; aproveitar a aula; pedir exercícios de treino.

Método a Aplicar para Matemática

Técnicas de resolução de problemas.

Exercícios da explicadora para férias

Fazer sempre os tpc.

Autocontrolo no comportamento

  • Há um certo progresso no autocontrolo; é mais difícil a Matemática. O prof. fala rápido.
  • É preciso escrever muito.
  • Str Bento pôs-me à frente com o Gustavo F, Gonçalo C e o Diogo G.

Lourenço C, 5B

Print Friendly

Estratégias para um melhor Desempenho

le_soir_tombe

Imagem: Oficina de Escrita

Balanço de Desempenho do 2º Período

E Objetivos para o 3º Período

  1. Pontos Fortes: Ciências.
  2. Pontos Fracos: Matemática – porque os testes e a matéria eram muito difíceis.

Objetivos:

Melhorar a Matemática; tentar ter quatro a Inglês.

Estrutura do 3º Período

Sem 1, 2 e 3 – Estudar

Sem 4 e 5 – Testes

Sem 6 e 7  – Estudar

Sem 8 e 9 – Testes

Sem 9/2Despedida

Estratégias

Matemática Estudar em 5 etapas antes de cada teste; 2ª 3ª 4ª – reler a aula e fazer o tpc; Consultar a Mãe.

Inglês –  Explicação – 6ª ou 4ª. 3ª 45m; 5ª 90m – reler a aula, quando não há tpc.

Horário de Estudo

2ª 17h 15 – 18h 30 com intervalos.

3ª 20h – 20h 30…

4ª 17h às 19h (30m de Inglês + 30m de Matemática.)

5ª  20h – 20h 30…

6ª ZZZZZZZZZZZZ

Fins de semana em que há testes

Sábado: 18 30 – 19 30 – TPC

Domingo: 15 30  – 19/20 30 com intervalos.

Com a ajuda da Mãe.

Diogo TV, 8A

Print Friendly

Balanço e Objetivos

usar_agenda

Imagem:  Oficina de Escrita

Balanço de Desempenho do 2º Período

E Objetivos para o 3º Período

  1. Pontos Fortes: Matemática. Inglês.
  2. Pontos Fracos: Ciências e HGP

Objetivos: melhorar a CN e HGP

Estrutura do 3º Período

Sem 1, 2 e 3 – Estudar

Sem 4 e 5 – Testes

Sem 6 e 7  – Estudar

Sem 8 e 9 – Testes

Sem 9/2 – Despedida

Estratégias

CiênciasEstudar em 5 etapas antes de cada teste; 3ªs e 5ª reler a aula e fazer o tpc;

Apontamentos: escrever o principal. Esquematizar as noções.

HGP – Estudar em 5 Etapas antes de cada teste; 3ª e 6ª – TPC e reler a aula.

Apontamentos: escrever o principal e esquematizar as noções.

Horário de Estudo:

3ª 17h – 18h Estudo com a Vera

5ª 17h- 18h Estudo com a Vera

6ª 17h – 18h Estudo com a Vera

Em Casa: 18h 30 – 20h com intervalos

Fins de semana em que há testes:

Sem horário.

Carol F, 6C

Print Friendly

Objetivos de Ano Novo

Adventure plotting

Creative Commons License Chelsea Marie Hicks via Compfight

Balanço desta Etapa

O que foi mais interessante? Ou mais curioso? ou que levantou questões?

Este período o que mais gostei foi de Matemática; antes não gostava de Matemática. Gosto mais ou menos, também depende da matéria.Gosto de decompor em factores primos e do número Pi 3, 1416….

Objetivos de Natal

Gostava de melhorar as notas de HGP e  de Ciências.

Organização do Estudo:

1. Estudar antes dos testes, por etapas.

2. Tenho um tempo para estudar, cada dia, quando saio às quatro e vinte:

Segunda – faço tpc em casa, a partir das 17, até às 18h; depois tenho explicação.

Terças e Quintas – tenho Inglês, cá na escola, e só acaba às 17h 30. Em casa, ainda tenho tempo de fazer os tpc antes do duche .

Quartas – tenho explicação e acabo por volta das 17h; aqui posso prolongar o estudo no caso de haver testes.

Sexta  – estou livre depois das quatro e meia e aproveito para fazer os tpc, porque no fim de semana tenho Vela, 7 horas no Sábado e 7horas no Domingo.

Para estudar antes dos testes, por etapas, tenho de encaixar 45 m na quarta feira e uma hora com dois intervalos na sexta.

Para uma próxima vez vou detalhar os possíveis métodos de trabalho.

Tomás G, 6C

Print Friendly

Oito dias para Subir uma Nota

Big Ben

Flavio Leone via Compfight

A – Objetivo: subir a Inglês

B – Estratégia:

B 1 – Organização do Tempo – temos oito dias.

4 dias estudo: sábado e domingo: duas revisões globais; sexta de tarde, dia 13;terça dia 17 na tutoria;

B2 – Matéria – Gramática e Composição

B3 – Métodos a aplicar:

1 –  Escrever uma composição sobre tecnologia e comunicação social.

2 – Present simple and Present continuous – fazer os exercícios.

3 – Past simple verbos irregulares; past continuous; – fazer os exercícios.

(…)

Sofia L, 8C

Print Friendly

Ir mais longe a Português e a Ciências

 

 Caver at the Kings's Shower wrcochran via Compfight

Objetivo: A Carlota e o Vasco  querem melhorar a sua média a Ciências. 

Tempo disponível: Faltam seis dias úteis para o último teste de Ciências. 

Organização dos tempos de estudo: Vascovai estudar em especial na 3ª , dia 10, quinta 12, terça 17, na explicação das 17h às 18h e na tarde de sábado dia 14.

Carlotavai estudar em especial na segunda, dia 9 e dia 16, na quarta, dia 11 e dia 18, na explicação e na 6ªdia 13, das 17h às 18h.

Estratégias:

  • Intensificar o cuidado em estar atentos nas aulas.
  • Dividir as páginas da matéria por quatro e por seis sessões:
  • Vascoa Ciências dá 7 páginas por cada sessão de estudo, reservando uma sessão para rever tudo.
  • Carlota – a Ciências dá cerca de 5 páginas para estudar por cada sessão, reservando 2 sessões para rever tudo.

      Métodos de estudo:

          (Carlota)

  • Estudo dialogado na explicação.
  • Estudo pessoal: Falar alto; fazer exercícios a português, do caderno de actividades e a Ciências, do manual;
  • Estudo dialogado em casa: pedir à Mãe para fazer perguntas. a Ciências.

      (Vasco)

  • Estudo dialogado na explicação.
  • Estudo pessoal:
  • Fazer exercícios de Português e de Ciências.
  • tapar a matéria com uma folha e repetir mentalmente.

         Autoavaliação do domínio dos tópicos de estudo:

  • Verificar o domínio dos assuntos em Ciências colocando um “V” diante dos tópicos de estudo:

    1. Sistema digestivo: tubo e órgãos          

    2. Transformações dos alimentos na boca

    2.1. no estômago

    2.2. no intestino delgado

    2.3. no intestino grosso.              

    3. Digestão nos carnívoros

    4. Digestão nos herbívoros

    5. Digestão nas Aves

Carlota C e Vasco L, 6C

Print Friendly

O Quinto Ano é o Maior!

 Classroom in Fort Christmas Matthew Paulson via Compfight

     No primeiro dia de aulas, a minha Mãe foi-me pôr à escola e, quando cheguei á sala, parecia que ia fazer mais amigos. E foi isso que aconteceu!

     Esta coisa de ter vários professores é um bocado confuso, mas é bom, porque aprendemos mais e temos mais amizades.

     A professora da Primária chama-se Ticha; eu gosto muito dela. A Ticha é como se fosse da minha família. Nós inventamos uma música para ela, que é:

No primeiro dia de aulas, ninguém se conhecia

A Ticha apareceu e fez magia!

No entanto, trabalhamos

E depois até brincamos:

Fomos para o recreio, saltar à corda

E a Ticha tornou-se a craque da Corda.

Yô, adoramos a Ticha!

No último dia de aulas, toda a gente chorou

Dizer adeus à Ticha foi oque mais custou!

Yô, adoramos a Ticha!

Yô, adoramos a Ticha!

     Nos recreios, nós íamos brincar para o “Caracol”, era o nosso esconderijo secreto.

     Eu gostava muito de ir a festas, porque iam sempre pessoas desconhecidas e, assim, tinha mais amigos. Adorávamos jogar a “Raparigas apanham rapazes”: a “meia-lua” era uma esquadra onde púnhamos os rapazes presos quando os apanhávamos. Eu e a Maria cercávamos os rapazes rápidos e eles não escapavam!

     Agora, o meu objectivo de estudo é subir a nota a Inglês. Tenho três semanas e meia para estudar; duas vezes por semana tenho um apoio de Inglês com a minha prima que está no 7º ano e tira sempre 100%! Às quartas-feiras vou estudar 30 minutos sozinha, para verificar se sei.

     Para a minha Turma ficar em união, eu fazia várias coisas: poderia ajudar a turma a ser melhor, para sermos todos mais amigos.

    Desejo que toda a gente na Turma seja feliz e amiga, que não seja injusta e que tenham saúde. 

Maria M, 5B

Print Friendly

Subindo a Inglês

     Colorful hot-air balloons in Nyaungshwe, Myanmar Dietmar Temps via Compfight

     Para o Natal nós gostávamos de subir a nossa nota de Inglês. Faltam 17 dias úteis para o próximo teste. Como vamos usar este tempo:

  • Podemos prestar mais  ainda mais atenção nas aulas.
  • Tirar todas as nossas dúvidas – durante as aulas e em casa. A Maria usa um bloquinho para apontá-las.
  • Posso jogar a um jogo de Ingês com a minha mãe: leio parte do manual e a mãe faz perguntas. (Este é um método  da Maria.)
  • Sábado e Domingo o Duarte vai estudar : fazer os exercícios que a Professora indicar, durante uma hora com um pequeno intervalo.
  • 2ª 4ª e 6ª a Maria vai fazer os exercícios que a Professora indicar além do jogo com a Mãe – 30m a acrescentar ao tempo de estudo diário.

Maria S e Duarte S, 5C

Print Friendly

Um Novo Mundo

1972 Modella orange Schule 2 diepuppenstubensammlerin via Compfight

     Quando cheguei ao quinto ano, senti-me muito nervosa, também feliz e as minhas amigas ajudaram-me quando eu estava nervosa.

     Há coisas boas e más em ter vários professores; as coisas boas são: como tenho vários, posso conviver mais e aprender formas diferentes de aprender;  as coisas más são que temos mais disciplinas.

    Agora, a vida é melhor, podemos partilhar mais e temos mais amigos.

     Inventámos uma música para a  nossa professora Ticha

   No primeiro dia de aulas, ninguém se conheciaA Ticha apareceu e fez magia!

No entanto, trabalhamos

E depois até brincamos:

Fomos para o recreio, saltar à corda

E a Ticha tornou-se a craque da Corda.

Yô, adoramos a Ticha!

No último dia de aulas, toda a gente chorou

Dizer adeus à Ticha foi oque mais custou!

Yô, adoramos a Ticha!

Yô, adoramos a Ticha   

  A festa de despedida do 4º ano foi a festa mais inesquecíve:l fizemos um piquenique surpresa no Parque Marechal Carmona.

     Agora, quero subir a nota de HGP; tenho duas semanas e meia para estudar para o teste. Vou perguntar ao  professor até que página ele pensa ir na matéria. Depois vou dividir o número de páginas por 10 dias. Vou estudar com a minha Mãe, um bocadinho à noite e aos fins de semana.

     Na turma tenho uma missão, que é de estar ao pé de rapazes que falam muito e tenho de tentar que eles se acalmem; nisto houve uma coisa má que foi ficar afastada da minha amiga Maria.

     Eu gostava de conhecer melhor algumas pessoas da turma. Desejo que os rapazes que se portam mal se passem a portar melhor para termos aulas mais vivas.

     Desejo a todos que sejam felizes e que até ao Natal aconteçam coisas boas!

Maria B, 5B

Print Friendly

Conversas na Oficina – Diogo T

Stained glass (LARGE panorama) @ The Evergreen State College Library - Olympia WACreative Commons License Washington State Library via Compfight

    O que pode tornar o estudo uma tarefa penosa é ter de se estudar muito para ter boa nota e, quando não se tem, fica-se triste.

     O método de estudo mais produtivo… é deitar-me na cama a estudar com a minha Mãe! Chego a casa e, primeiro, vou fazer qualquer coisa divertida com o meu primo; depois, volto para casa e estudo uma vez; vou lanchar e estudo outra vez; tomo duche e vou jantar; depois de jantar, vou rever as coisas mais difíceis.

     Em todas estas etapas, é ótimo quando a minha Mãe estuda comigo: à primeira vez, pergunta algumas coisas mais fáceis; à segunda vez, pergunta todas; à terceira vez, as mais difíceis. E se houver palavras difíceis, pergunta as mesmas coisas  muitas vezes.

(Transcrição de partilha informal)  “Diogo T, 7A

Print Friendly

Reflexões Finais

6th grade parent day: hallway posterCreative Commons License woodleywonderworks via Compfight

Em despedida de Grupo,  partilhamos o  balanço do nosso desempenho.

OE –  Um aspeto gratificante deste 5ºAno?

 Margarida C.A amizade entre todos; vivida em momentos especiais, como o “cad tem talento”, com as minhas companhias favoritas, a Sara e a Carolina.

Carolina F. – Apreciei os amigos; a Margarida e a Sara. Estivemos em festas e partilhamos os recreios, em especial. A amizade representa paz e alegria na nossa vida.

OE –  Em que medida têm alcançado os vossos  objetivos de estudo?

Margarida C. –  A Música estou satisfeita. Gostaria de me aperfeiçoar a Matemática, a Português e a Inglês.

CarolEstou satisfeita a Inglês, Matemática e História. Gostaria de evoluir a música a Ciências  e a Educação Física.

OE –  Têm alguma estratégia em vista?

Margarida C.Talvez refazer o horário de estudo em casa: quando não tenho atividades, 2ª , 4ª e 6ª, chego a casa por volta das 17h; lancho e começo pelas disciplinas em que tenho mais dificuldade e com elas gasto mais tempo. Neste caso, a Inglês, é necessário ter um tempo para verbalizar, porque às vezes é difícil pronunciar.

     Devo orientar o meu estudo por horas: demoro mais tempo a Português e a Matemática; a Matemática tenho de ir com calma, porque perco-me do ritmo da professora; em casa consigo refazer a aula, mas quanto ao sítio em que me perdi, bloqueio logo. Normalmente, tiro as dúvidas com a minha mãe. Sugiro refazer os exercícios da aula, com a minha Mãe.

     Para Português, sugiro treinar verbos com o meu irmão que é um craque: um verbo por semana durante 3 semanas de cada período; em relação à interpretação, posso fazer a leitura indicada para férias e partilhar na Oficina de Escrita.

Carolina F.  – Chego todos os dias às 4h e 20, menos às 4ªs. Tomo o lanche da tarde e vou estudar até à hora do jantar. Devo fazer intervalos de 45 em 45 minutos para manter uma boa concentração. Na Oficina de Escrita preciso que a professora me dê o tempo necessário para escrever. Gostava de fazer os meus próprios resumos de Ciências.

OE –  Como veteranas do 2º Ciclo, que sugestões nos dão para uma escola diferente e mais feliz?

Margarida C. e Carolina F.Gostava que usássemos roupa normal; sermos um bocadinho mais livres, por exemplo, todos termos cartão azul; nas tardes livres não termos apoio ao estudo. Trabalharmos a pares nas aulas, irmos mais vezes ao quadro; cada semana mudarmos de Delegado de Turma.

OE – Desejamos umas Férias venturosas e  um Verão 2015 cheio de surpresas.. 

Print Friendly

Do 6º Ano para o Verão

rafael_mini_praia-gale

     Imagem: Sol domus

      Ir ao Algarve… o que mais quero é apanhar sol, ir à praia, ver os meus amigos…

   Costumo ir a imensas praias: da Galé, Praia Grande, Salgados… estas últimas são as minhas preferidas, pois são as mais calmas…odeio ondas grandes, às vezes,perco o pé e quando estou debaixo de água venho ao de cima e vem outra onda que me bate na cara! Nos Salgados é que tenho os amigos, lá perto de Albufeira.

    Um momento que marcou o meu 2º ciclo foi conhecer a minha DT – porque apesar de ela ser exigente e de às vezes nos cansar, a Stora é mesmo simpática. Adoro história, principalmente a época do Estado Novo.

    Para estudar, por exemplo, faço sempre resumos, a História, a Ciências e até a Português: escrevo a matéria por palavras minhas e depois escrevo um exercício por baixo. Quando tenho coisas concretas para fazer: por exemplo, para fazer um poema, procuro as rimas; quando tenho uma decisão para tomar, por exemplo, de que cor é que vou comprar uns sapatos ou quando estive a fazer um poema para a stora: nessas situações é que há o silêncio do pensamento.

Ditado por Rafael C, 6C

Print Friendly

Projetos para 6 semanas

   DSC_0145
Creative Commons License Photo Credit: Adrian Maidment via Compfight

     O meu objetivo é subir a nota a Matemática.

Como?

     Tenho Matemática à 2ª, 4ª e 6ª.    

    Na 2ª, saio da escola às 16h 20, vou com a minha tia para Sintra. Lancho e brinco com o meu cão até às 17h 30. Depois estudo e faço os Tpc até às 18h 30. Ao chegar a casa, acabo os Tpc. É conveniente fazer antes de tomar banho. Janto, vejo um pouco de tv e deito-me por volta das 21h 30.

    Na 2ª, 4ª e 6ª faço os tpc de Matemática, Físico-Química e História. Vou acrescentar 15m para refazer parte da lição de Matemática do dia.

Mafalda C, 7A

Print Friendly

Um Plano de Ataque

       J.R.R. Tolkien - illustration for The Hobbit
Creative Commons License Photo Credit:
freeparking 😐 via Compfight

     Objetivos para o 2º Período: Subir a nota a Matemática, consolidar HGP e CN, preparar a Prova de Português.

Estratégias:

I

  •  Onde? Em casa.
  • Quando? à 2ª e à 3ª feira, uma hora de estudo das 17h às 18h; em seguida, reservar 30 minutos para Matemática.
  • Como? Refazer a lição do dia  por escrito. 

II

  • Onde? Em casa. 
  • Quando? à 4ª, uma hora  de estudo, das 15h às 16h 
  • Como? Elaborar apontamentos das lições de HGP e de CN da semana. 

III

  • Onde? Na Oficina de Escrita.
  • Quando? À 4ª feira, às 17h 30 Aproveitar a hora de Tutoria para preparar a PN de Português, quando não houver testes. 
  • Como? Repetir exercícios de Gr do Manual e do C.A.; escrever apontamentos a partir do Manual; realizar as Provas Nacionais dos anos anteriores bem como as mais recentes.

Avaliação

  • Verificar semanalmente o cumprimento das tarefas.
  • Rever os objetivos na 6ª semana – 11 de Fevereiro.

(Transcrição) Afonso R, 6

Print Friendly

Diário de uma Estudante

besottment souvenir journal june 2011
Creative Commons License Photo Credit: Hope via Compfight

      Este ano, estou muito satisfeita com as minhas notas! Adoro Ciências! Todos os dias, quando a minha Mãe chega a casa, eu ainda estou a estudar! Este ano é diferente: a Matemática, escrevemos imenso no caderno, temos menos recreios e já não damos tantos passeios.

     Os meu objetivos para o 2º Período são subir as notas a Matemática e a Português. Para isso, tenho uma estratégia: à 2ª feira tenho coro e hip-hop, por isso começo a estudar às 18h 18m; depois, acrescento 20 minutos para estudar Matemática.

     À 3ª e à 5ª, o meu plano vai ser diferente: começo a estudar às 16h 30;depois acrescento 15 minutos para estudar Matemática. 

    Como vou aplicar estes minutos? Vou refazer, por escrito, a matéria que o Professor nos deu na lição do dia.

     Na 4ª feira, faço os tpc em casa da minha avó. Lancho e vou para o Hip-hop. Vou acrescentar aqui mais 15 m para a mesma estratégia a Matemática.

    Na 5ª, vou para casa às 16h 30, começo a estudar por volta das 17h. Tenho trabalhos de Matemática e de Inglês. Vou acrescentar aqui 15m para Português. Como? A estratégia vai ser a de repetir a lição por escrito.

(Transcrição)

Mafalda A, 5B

Print Friendly

Crónicas de Estudante

     East Palo Alto Library's Quest Learning Center
Creative Commons License Photo Credit: San Mateo County Library via Compfight

     Os meus objetivos até ao Carnaval são subir a nota a Matemática e um bocadinho a Português.

    Para Matemática vou fazer apontamentos das lições e do manual. Para isso, vou reservar cerca de 30 minutos por semana, à 2ª, ao final da tarde e à 4ª, a partir das 15h.

     Para Português devo treinar textos: um de 15 em 15 dias; a interpretação, talvez fazendo exercícios que vou pedir à minha Mãe, pois ela encontrou um na FNAC que não é caro.

      Aconselho os meus colegas a fazer apontamentos num caderno de que gostem muito e escrevam muitas vezes os assuntos das disciplinas em que têm mais dúvidas.

    Estou a fazer a experiência de ser Tutora de um colega: gosto, porque adoro ajudar as pessoas quando têm dúvidas, como o meu colega. Às vezes os professores até me dão autorização para lhe tirar algumas dúvidas durante as aulas: ele está mesmo à minha frente.

Carolina C, 7B

Print Friendly

Os Meus Próprios Objetivos

ines_m_cemImagem: Oficina de Escrita

     Gostava de subir a minha nota a EV. Para isso vou treinar fazendo vários desenhos com pintura a lápis; devemos pintar sem carregar muito; devemos ser criativos: por exemplo, não pintar o sol de amarelo.

     Para melhorar a Matemática, já tenho uma boa estratégia: estudo quase todos os dias com a minha Mãe, que foi professora de Matemática. Primeiro ,a minha Mãe vê os trabalhos para ver se preciso da ajuda dela; se forem exercícios básicos, faço sozinha; se acha que preciso, ajuda-me.

     A nova estratégia é que vou começar a fazer todos os dias um exercício de Matemática sobre a matéria que estamos a dar.

     Nas férias, consigo fazer de novo, todas as aulas, por escrito. Vou estudar uma hora ou hora e meia, nos dias de férias só quando não tiver festas.

     No tempo de aulas, às 4ª feiras, depois de fazer os tpc, vou refazer a lição de Matemática por escrito.

Inês M, 5C

Print Friendly

Balanço de Desempenho e Novos Projetos

We begin by charting a course
Creative Commons License Photo Credit: Andrew Becraft via Compfight

     Gestão do Tempo – chego a casa, lancho e faço os Tpc para o dia seguinte, menos à 2ª, em que tenho música. Como, aos fins de semana, tenho os treinos de Vela, só faço os Tpc aos dias de semana. Também estudo antes dos testes.

     Métodos – por exemplo, leio. A minha explicadora de Matemática tem um filho que esteve no 5º ano, e ela fazia cartolinas com esquemas da matéria que me empresta. É útil para pôr na parede e lembrar-nos.

     Objetivos para o 2º Período – Gostava de subir as notas a Matemática e a Inglês.

     Estratégias –  Vou tirar 30 m por dia, depois dos Tpc, para estudar.

     Matemática: à 3ª, 5ª e 6ª, depois dos Tpc, vou estudar. Como? Refaço a lição do dia e consulto o manual.

     Inglês – à 2ª e à 4ª – Como? Depois dos Tpc, treino os exercícios dados com fichas da Net ou faço listas de vocabulário e só consulto no fim.

     Para aproveitar melhor as Tutorias, podemos treinar esquemas e resumos; consultamos o mapa de estudo e, se não houver testes, mudamos de atividades.

Tomás G, 5C

Print Friendly