Quanto Amas é o que Importa

   Christmas Ornaments 3Creative Commons License Jim Hammer via Compfight

     O meu Natal é sempre passado com a minha Família: comemos na mesa grande da minha sala. O que mais gosto no Natal é de estar em Família.

      A minha tia vive em Miami e só vem no Natal e nas férias. Depois, o mais engraçado é que o meu Avô faz anos  quando nós comemoramos o Natal, por isso damos-lhe muitas prendas, depois da Ceia, quando vamos abrir os presentes.

      Os meus pais estão agora no Algarve, a comprar os meus presentes; eles não vão ficar muito tempo, pois vêm na quarta-feira.

    Preparamos o Natal assim: é sempre a minha Vovó que faz  comida com o meu Vovô; eu não consigo olhar para eles a rechear e a coser o peru, faz-me impressão.

    Nós também pomos capinhas aos nossos dois cães, para participarem do espírito Natalício.

    Eu, a minha Avó e a minha irmã estamos a fazer uma espécie de árvore de Natal com estrelas de jornal que ficam muito giras!

     Na minha turma, nós temos duas famílias para ajudar: uma tem quatro adultos, a outra tem os pais, um bebé e uma criança. Nós vamos ajudar as nossas duas famílias com cabazes onde vamos pôr alimentos ou produtos de higiene.

      Quando eu era pequenina, os meus pais pregavam-nos partidas. Eles compraram um spray que deitava uns flocos brancos que pareciam neve. Então eles punham flocos no chão a parecer pegadas do Pai Natal e eu e a minha irmã acreditávamos.

     O meu Natal pode não ter muitas prendas, mas o que importa é quanto amas a tua Família E, além disso, reunimo-nos todos!

     Carolina M, 5D

Print Friendly