Animais em Liberdade

Little Pretty Bird

Trey Ratcliff via Compfight

Tese:

    Em relação a os animais, considero que devem viver em liberdade.

1º Argumento:

     Em primeiro lugar, embora nos jardins zoológicos ou aquáticos se diga que os animais são “felizes”, na verdade, eles sofrem nas suas celas, chegam a enlouquecer ou ficam com depressão.

2º Argumento:

     Em segundo lugar, os animais têm direito a caçar, saltar, correr, reproduzir-se livremente porque eles pertencem á selva e assim foram criados por Jesus.

3º Argumento:

     Finalmente, os animais precisam do amor que só encontram no seu habitat ou em territórios próprios bem defendidos, como por exemplo, o lince ibérico na serra da  Malcata.

Conclusão:

     Por todas estas razões, eu defendo que os animais devem viver em liberdade!

Svetty

Notícias de Paris

We'll always have Paris...

Sorin Popovich via Compfight

Paris, 26 Outubro 2015

     Queridos Pais,

      Paris é uma cidade muito bonita, cheia de coisas maravilhosas. Hoje vamos visitar o museu do Louvre e ontem subimos à torre Eiffel: lá de cima vê-se tudo!

     A parte mais fixe foi a ida á Disney: vi o Mikey, a Minnie,  o Pato Donald e fui à montanha russa. 

    Amanhã já estamos juntos para matar as saudades.

Mariana

    PS – Perdi o telemóvel.

Paris, France

Creative Commons License Alejandro via Compfight

     Em relação á minha experiência em Paris, considero que há realidades agradáveis e outras desagradáveis.

     Por um lado, as coisas boas são as paisagens, os monumentos e a beleza natural dos jardins.

     Por outro lado, por vezes é insuportável a poluição do trânsito e o ruído nas ruas; também há muita gente nas filas; por exemplo, na pirâmide do Louvre e na torre Eiffel.

     Mas para além disso, nada se compara à moda de Paris e à deliciosa comida, como as baguetes, os croissants e os crepes.

Maria M, 5 e 6 B

Animais Selvagens em Liberdade

Hide and Seek, Cotswolds, Gloucestershire

Creative Commons License Kumweni via Compfight

       Em relação aos animais selvagens, considero que os animais selvagens devem ser livres.

     Acima de tudo, acho que os animais não foram criados para viverem em cativeiro; o meu irmão, que vive em África, vê imensos animais no campo quando vai para a Universidade.

      Em seguida, quando os animais são livres, têm mais capacidades do que quando estão em cativeiro. Imaginem como os macacos são felizes na floresta, se já se sentem tão contentes no recinto do Badoka Parque.

     Além disso, os animais têm mais capacidades para se reproduzir quando vivem livres do que quando estão em cativeiro.

     Portanto, temos de os proteger para os animais não ficarem em extinção.

Federica V, 6B

Animais em Liberdade

   Roe Deer, Cotswolds, Gloucestershire

Creative Commons License Kumweni via Compfight

                Em relação aos animais selvagens, considero que devem viver em liberdade.

     Acima de tudo, os animais são espontaneamente livres e têm uma alimentação melhor, pois caçam o que querem. Por exemplo, em África, os leões sobrevivem caçando antílopes.

     Além disso, está provado cientificamente que os animais selvagens, quando vivem presos enlouquecem e, às vezes até comem as suas crias, perdendo o seu instinto maternal.

     Em seguida, podemos observar que os animais livres se tornam robustos, inteligentes, felizes.

      Por todas estas razões, acho que devemos criar leis que proíbam o cativeiro dos animais e respeitem a sua liberdade.

Maria B, 6B

Vantagens e Desvantagens

 

deep and shallow

Creative Commons License Chris Kuga via Compfight

       Em relação à prática de Surf, considero que há vantagens e desvantagens.

     Por um lado, acho que o Surf é um desporto saudável e divertido. Tem várias manobras e eu gosto muito de as fazer.  E adoro o ambiente de campeonatos! Há manobras mais fáceis, como, por exemplo, “cortar a onda”. Depois, há a “Palada”, em que se faz o “Bottom”; depois, vira-se subindo, vai-se acima da onda e chuta-se o “Tail”.

     Por outro lado, acho que o Surf é um desporto cansativo, fica-se com uma sensação na boca muito má: salgada e seca. E com muita fome e sede!

     Além disso, depois de Surfar durante muito tempo, fica-se tão exausto, que já não o fazemos tão bem.

     Finalmente, apesar de cansar muito e de eu chegar a casa muito mole para estudar, adoro fazer Surf e vou sempre evoluir no meu desporto!

João P, 6A

Um Bloco de Português, Matemática, HGP, CN…

Students in classroom setting

Government of Prince Edward Island via Compfight

     Em relação às aulas de Português, Matemática, Ciências… considero que não devem ser de um bloco.

    Por um lado, é um bocado agradável, (mas um bocadinho de nada, 10%), porque ficamos a conhecer melhor os professores, mas do lado duro deles!

    Mas por outro lado, é prejudicial (um bocadão de 90%) porque os psicólogos conseguem-nos provar que nem os adultos não conseguem estar nem 90 minutos concentrados.

    Finalmente, se as aulas forem de 45m, todos beneficiamos da variedade que desperta o interesse e dos intervalos que nos permitem descansar.

     Por estas razões, a partir de agora, defendo que  devemos ter um segmento de 45 m em cada aula.

Esperança M, 6A

Abolir os TPC

Day 4: Truffle sleeping on the job again (and browsing dogster.com)!Creative Commons License star5112 via Compfight

     Em relação aos trabalhos de casa, considero que deveriam ser abolidos.

     Em primeiro lugar, penso que os trabalhos de casa roubam tempo ao estudo, assim fazendo as crianças terem piores notas.

    Em segundo lugar, os trabalhos de casa tiram tempo às crianças para atividades musicais, desportivas, e até mesmo ocupam o tempo de convívio entre elas.

   Em terceiro lugar, os trabalhos de casa causam várias e graves perturbações cerebrais que já afetaram milhares de crianças.

     Por todas estas razões, considero que os trabalhos de casa deviam ser abolidos.

Rafael N, 6D

Animais em Liberdade

Running Wild 5 gwendolen via Compfight

     Na minha opinião, os animais selvagens devem viver em liberdade, mas terem alguém que os cuide.

    Em primeiro lugar, os animais selvagens devem estar em liberdade, porque eles nascem na selva com liberdade e gostam de ter espaço para andar e comer.

     Mas, por outro lado, também acho que devem estar no jardim zoológico, porque os tratadores dão-lhes comida saudável e, quando estão doentes, ou para ter um bebé, ajudam os animais e cuidam bem deles.

      E também é certo que, na floresta, os animais podem desaparecer e acabar aquela espécie. Enquanto que, no jardim zoológico, a espécie continua, porque os tratadores tentam que os animais se reproduzam.

     Por estas razões, o ideal seria que os animais estivessem em liberdade, mas também com alguém que os tratasse e cuidasse.

Mariana H, 6C