Mãe, Adoro o Teu Sorriso!

06.Roses.1300BlockTStreet.NW.WDC.8May2012Creative Commons License Elvert Barnes via Compfight

    Mãe, admiro-te por seres tão amigável e por gostares tanto de nós (o Pai é igual).

   Eu adoro quando tu e eu e a Mariana estamos todas na cozinha a fazer bolos. Eu adorei quando tu me ensinaste a fazer ovos mexidos.

     Mãe, eu adoro quando te esforças para me perceber. Por exemplo, quando eu aprendi a fazer contas de dividir. 

     Mãe, lembras-te, nas férias de verão, quando tu me ajudaste a superar o meu medo do 5º ano? Eu acho-te muito independente e, por isso, sinto-me segura. Admiro-te quando me ajudas a estudar!

    Mãe,  Adoro o teu sorriso alegre e amigável. Eu adorei quando fomos brincar as duas nas ondas! Eu acho que herdei de ti o meu gosto de pintar. Eu sinto que, quando tu eras pequena, tinhas muito jeito para desenhar e os mesmos gostos que eu. Por isso acho que, o que tu desenhasses agora, iria ficar belo.

    Agradeço-te por me teres ajudado nos meus momentos de dificuldade e fico feliz por fazeres de mim o que sou. Neste teu Dia, desejo-te uma vida muito feliz, como eu me sinto a desenhar.

Carolina C, 5B

O meu Pai é forte como uma Montanha

 

     Dad and Daughter on an Adventure

Creative Commons License Colin Bowern via Compfight

    O meu Pai é alto, magro e forte como uma montanha e é muito resistente. ele é um pouco moreno, tem um contorno de rosto suave e cabelo grisalho; uma boca sorridente e olhos castanhos escuros, tal como um tronco de uma árvore.

      O meu Pai é muito sorridente e faz com que nós alcancemos os nossos objetivos: por exemplo, ele combina com a minha Mãe para ela estudar comigo e depois pede-me resultados acima de setenta por cento.

      Gosta muito do seu trabalho na natação e na defesa do ambiente. Gosta muito de ouvir música dos anos 80, como as que dão na FM80. O meu Pai gosta imenso de correr, ver tv, visitar sítios connosco,  como o Centro Cultural de Belém ou monumentos e de viajar, como ir à América, à Disneylândia, que foi onde mais gostei de ir.

     Ele é uma pessoa responsável, que se preocupa muito connosco. É tão corajoso, que, quando estamos com ele, faz de tudo para nos divertirmos, mas em segurança.

      Nunca esquecerei quando o Pai saltava comigo nas ondas, ou quando o Pai e eu descemos uma montanha, de trenó, na Serra da Estrela. 

     Quando o meu Pai for velhinho, eu irei ajudá-lo no que for preciso, e espero que ele goste tanto dos seus netinhos, tal como ele gosta de mim. 

     Pai, neste teu Dia, desejo-te um resto de uma vida feliz. Agradeço-te tudo o que fizeste por mim.

Carolina C, 5B 

Enigmas de Salamanca

Imagem: Denibatista Flickr Creative Commons

     Eu gostei muito dos meus presentes, mas o que mais gostei foi de um jogo para a Nintendo.

     Gostei imenso de ir a Salamanca.Lá havia muitas igrejas, tão bonitas, tão incríveis, que nem sei explicar.

     Na velha Universidade, descobri uma rã em cima de uma caveira; essa rã era especial, dizem que a pessoa que conseguir encontra-la sem ajuda de ninguém terá muita sorte para o resto da vida.

    Também descobri um astronauta numa Igreja muito, muito antiga e fiquei a pensar como é que eles esculpiram aquilo, se nem sabiam o que era um astronauta ou se alguém do futuro lhes tinha deixado a sua marca…

     Eu adorei o Ano Novo: fui a casa dos meus vizinhos. O pai deles disse-nos para não atirarmos serpentinas para cima dos carros estacionados, mas nós atiramos à mesma! 

(Imagem: Misterio Desocnocido)

Carolina C, 5B

Vivências de Natal

 Christmas Lights

Guido Gloor Modjib via Compfight

     Eu adoro o Natal, pois ele faz com que a minha Família se junte toda.

    Eu acho que o Natal serve para ajudar as pessoas, pois é o Nascimento de Jesus e Jesus ajudava as pessoas.

     Eu gostava de ir à Serra da Estrela. No Natal, costumo estar com os meus avós, primos e os meus pais.

     No Natal eu gosto de construir a árvore de Natal, mas quando eu me magoo, eu não gosto, pois eu não consigo encaixar os ramos, mas chamo o meu Pai e ele encaixa aquilo num segundo.

     Houve um ano em que a minha mãe meteu bolachas na mesa e nós saímos de casa; quando voltamos, os biscoitos tinham desaparecido!

    Às vezes penso – quando estou na cama e não consigo adormecer – se eu fizesse algo, por exemplo, se fosse por um caminho, mas recuasse no tempo e fosse por outro, eu ficava confusa sobre se o meu destino era mesmo esse: mudar o que aconteceu…

Carolina C, 5B

Parecia Voar no Céu!

   Trek bike

Jim via Compfight

      Eu aprendi a andar de bicicleta  este verão, pois todos os meus amigos já estavam a andar e eu tinha de ir de trotinete. Então, eu cheguei ao ponto em que estava farta e decidi aprender a andar. Quando tentei, consegui logo e soube-me tão bem! Parecia que estava a voar no céu!

      No meu Campo de Férias, eu diverti-me imenso, mas a melhor parte foi quando descobri que a minha amiga Carolina estava a namorar com o Rafael, um menino francês. Eles eram perfeitos um para o outro, mas tiveram que acabar pois o Rafael tinha de ir outra vez para França, porque as férias tinham acabado! Nós ainda tivemos uma ideia, mas eles não quiseram.

    Eu gosto imenso do 5º ano, acho que é mais fácil do que eu pensava e espero que  as pessoas da minha turma achem o mesmo.

Carolina C, 5B

A Beca

brinkley romp one

Creative Commons License patchattack via Compfight

     O cão do meu tio é um cão salsicha. É muito comprido e é castanho claro, uma cadela, muito ativa e fofa.

      Eu conheci-a quando o meu tio foi ficar 6 meses a passar férias na minha casa e trouxe o cão. Ela chama-se Beca.

     A primeira vez que a vi, tive medo, porque ela saltou para cima de mim e latiu.

      Lembro-me quando ela saltou para cima da minha cama e se enrolou no meu edredon.

     Se ela ficar doente, eu vou fazer de tudo para que ela se cure. Ela faz-me feliz, porque sinto-me bem com ela.

Carolina C C 5C

Ana Clara

ana_clara_vieira_mini

Imagem: de Ana Clara  R

     A Ana Clara é bonita e alta para os seus onze anos. O seu cabelo é comprido e escuro, os seus olhos são castanhos-claros e os seus lábios são rosados e fininhos. O nariz é perfeito, direito e bem desenhado.

     Ela é a minha melhor amiga; bastante inteligente, gosta muito de desenhar, é maravilhosa, tem um talento magnífico.

     Ela pertence a uma banda de música com umas colegas de oitavo ano, com um professor que as orienta. Ela é maravilhosa a cantar, tem uma excelente voz, toca muito bem guitarra.

     Adoro ir a casa dela, tem sempre atividades muito divertidas para fazer, como, por exemplo, ficamos a conversar horas sem fim, jogamos ao “quarto escuro” no sótão e fazemos “caça ao tesouro”.

     Espero que fiquemos melhores amigas para sempre.

Carolina C, 7B