Minha Maravilhosa Casa de Sonho II

       State of Valentine

CEBImagery via Compfight

      No segundo andar, havia ainda um salão de baile para onde eu podia convidar a cidade inteira!

      O meu quarto é o meu quarto! Ia ser simples, as cores alegres é que o faziam especial. Ia ter uma cama de casal, uma casa de banho e duas secretárias: uma para me maquilhar e outra para trabalhar; com uma vista para a praia.

     Também ia ter quarto para as visitas e outro para as crianças e alguns para os empregados, mas ao gosto deles, para se sentirem em casa.

     Havia uma gruta atrás do armário onde tinha conversas secretas. Ia ter uma sala para dançar livremente e esquecer dos assuntos maus. Ia ser um sítio só meu, onde pudesse descontrair e saborear esse momento, uma dos melhores da vida.

     Mais longe, mas não na minha casa, ia ter uma quinta, porque adoro animais e plantas.

     Assim ia ser a minha casa, onde eu pudesse viver com a minha família fantástica e pudesse conviver com eles.

Carlota C, 6C

Print Friendly

Minha Maravilhosa Casa de Sonho

     Home Sweet Home

elbyincali via Compfight

     Quando eu for mais velha, espero ter um emprego bom em que o ordenado seja alto.

     A minha casa ia ser ao pé da praia, de onde se saía e estava-se em cima da areia. Atrás da casa ia ter um jardim enorme, com uma piscina gigante, com um bar e uma cascata no meio. Havia um baloiço cor de laranja, um escorrega pelo jardim gigante e outro escorrega, só que com água.

     Tinha uma garagem cheia de carros caros, que eu ia guiar um em cada dia do mês.

     Lá em baixo, também havia uma sala com imensos jogos: matraquilhos, ping-pong, vídeo-jogos em 3D ou sem, snooker, bowlling, karts, etc. Ao lado dessa sala, havia um ringue de patinagem.

     No andar de baixo, também havia uma sala de cinema, um ginásio com todas as máquinas que podes imaginar, uma sala de massagens (esperem, isto é só o rés-do-chão).

     No segundo andar havia uma sala com uma mesa duma ponta à outra da sala, parecendo que estava a preencher a sala toda, mas não se enganem, pois ainda havia móveis e objetos caríssimos de decoração.

     Existia uma cozinha pequenina, mas com imensa comida, um frigorífico eletrónico onde se dizia a comida que se queria e o frigorífico cozinhava-a.

(Cont.)

Carlota C, 6C

Print Friendly

Mudança de Casa

     Empty Office - Hoover Building - London Nick Garrod via Compfight

     Um dia, o meu pai conseguiu vender a minha casa. Eu estava a viver num prédio e nós quisemos morar numa vivenda. Quem ia fazer a planta da nossa vivenda eram a minha tia e o meu tio que são arquitetos. Mas como ainda se estava a construir a casa nova, nós tivemos que mudar para casa do meu outro tio que era irmão do meu pai.

     Como o meu tio tinha uma vivenda grande, havia dois quartos a mais e eu e a minha irmã ficamos juntas e os meus pais ficaram noutro quarto. Que fabuloso! Como o meu tio tem uma piscina interior, eu sentia-me ansiosa para ir para a piscina, mas primeiro, o meu tio tinha de aquecer a água.

     Depois, estava na expectativa de experimentar a nossa mesa de pingue-pongue e de ganhar a todos!

    Assim, passamos mais tempo de convívio agradável com o meu tio e a sua namorada e estamos todos juntos. É muito divertido!

Mariana H, 6C

 

 

Print Friendly

Casa de Sonho

Star of My Dreams.. -Reji via Compfight

     A minha casa de sonho, queria que fosse gigante: queria ter o meu quarto muito grande, com uma cama de casal e a parede com uma fotografia da minha família e uma casa de banho no meu quarto, com televisão e em que a banheira era redonda, com jacusi.

     Eu teria duas salas: uma seria para conviver, a outra, seria sala de cinema, onde as cadeiras faziam massagens; teriam um botão em que se carregava e perguntavam o que se queria comer, ou qual o canal ou o filme para ver.  

     O meu jardim seria enorme, com uma piscina com 35 m de largura e 40 m de comprimento, com 1 a 4 m de profundidade, com mais um pedaço de 50 cm para os mais pequenos.

Mariana S, 5C

Print Friendly

Como a Luz que Ilumina os meus Dias

 CaidaCreative Commons License ramos alejandro via Compfight

     A minha casa de sonho é na Ericeira, à beira-mar.

     Podia ser uma mansão com uma piscina quentinha, uma sauna, uma sala com colunas e vazia como o frio do inverno, para eu poder dançar como uma flor a levar com a brisa leve.

     Um quarto branco como a luz que ilumina os meus dias, uma cozinha vermelha como o sangue que o meu coração bombeia e uma casa de banho azul, como o mar que banha as praias.

     Uma sala de jantar com cadeiras em pele como o ursinho polar, fofinho e uma discoteca grande para festejar fases boas  da vida.

      Um grande amor vai aparecer para comigo viver na minha casa e ficarmos a apreciar o pôr-do-sol, sentados na areia.

     A minha casa de sonho é uma casa que mais ninguém sonhará ter.

Rafaela C, 7A

Print Friendly

A Minha Casa de Sonho

     sea-snail-carlota_C

Imagem: Pixabay  Licença: public domain

     A minha casa de sonho seria em Cascais. Com vista para o mar e uma praia mesmo ali perto. Um jardim enorme, com escorrega, baloiço, baloiça e um jardim de areia. No jardim tinha peixes num lago grande e animais: porcos, galinhas, pavões, vacas, cavalos, toda a espécie de animais. 

     A minha sala de estar ia ter um candeeiro de vidro. Uma mesa giagante que chegue de uma ponta à outra. A minha sala ia ter uma televisão gigante. A mesa com bebidas e cadeiras confortáveis coom apoio para os pés e uma mesa com um buraco para pôr bebidas.  Ia ter imensos quartos, mas o mais giro ia ser o meu.

     O meu quarto ia ter uma televisão e uma cama gigante que anda à roda e com vista para o mar. Ia ter uma sala de massagens com cadeiras de massagens e uma das minhas 20 empregadas.  A minha casa ia ter uma casa de banho linda, com uma banheira gigante e uma sanita de ouro.

Carlota C, 5C

Print Friendly