Diário de um Skater

 

Alex Griffiths - Invert - Southsea old_skool_paul via Compfight

     Era uma vez um miúdo que adorava andar de skate; esse menino chamava-se Zé e eis um extrato do seu Diário:

    “Eu fiquei cheio de adrenalina porque sempre adorei andar de skate e vou várias vezes ao Parque das Gerações. E o melhor acontecimento da minha vida de skater foi o Back Flip. A minha sensação foi que nunca pensava que conseguia uma coisa tão difícil como esta e eu senti-me muito feliz.

    Costumo ir andar de skate com o meu Pai, lá no Parque das Gerações onde tenho colegas de outros desportos. Este tem muita Matemática e isso, às vezes, ajuda-me a pensar. Mas eu não ando de skate só com amigos do parque, também ando com os meus vizinhos.

   Com os meus vizinhos, fazemos muitas rampas de skate. Conheci este desporto quando era pequenino: vi um homem a andar de skate muito bem.

Zé Gr, 5B

A Melhor Vida de Sempre

MessiCreative Commons License cchana via Compfight

       O meu ídolo é o Messi, porque ele é amigável quando está a jogar com os colegas. Eu gosto de futebol porque acho muito divertido tentar marcar um golo. Já fiz um jogo em que ganhamos 11 a 5!

       A Família, para mim, é amor. Nas férias, é tão bom acordar de manhã e ir tomar o pequeno-almoço no hotel, todos em Família.

     Adoro brincar com os meus amigos, quando estou feliz com eles, mais aberto e mais à vontade. Costumamos andar de Skate, conversar sem fim, porque eu sou muito amigo das pessoas. 

       Já estive no Dubai e lá andei de camelo, na praia. 

      Estive nas férias, com o meu Pai, a andar de bicicleta. Esta é a melhor vida de sempre!

Zé G, 5B

Liberdade Total!

   Skateboarding - Mick O' Connor - Ramalde Skate Park Porto, Portugal

Darren Johnson / iDJ Photography via Compfight

      Eu gosto de andar de skate, porque é Adrenalina, uma forma de vida, dá-me liberdade total! Faço-o aos fins de semana e gostaria de entrar num campeonato!

     Quando vou passear os meus cães – Max, o maior, um Serra da Estrela, a Becas, que é rafeira e o Ben, um Schnauser miniatura – ao mesmo tempo ando de skate.

    Uma vez, o meu cão teve um desentendimento com uma senhora de idade e mordeu-a numa perna: ela teve de ir para o hospital.

Adam Keys - Ollie Over Rail

old_skool_paul via Compfight

     Se eu ensinasse manobras de skate a um amigo, ensinava-lhe o “Kickiflip“: vais  a andar e as rodas da frente têm de estar no ar; a parte de trás tem de bater no chão, para as rodas de trás levantarem. Ensinava o “Ollie“: vais a andar e levantas o skate, o skate gira no ar e cais em pé.

     O verão é melhor para praticar, porque apanhamos vento que nos refresca. Uma vez, no inverno, eu deslizei numa toalha de água e caí no chão.

Francisco Miguel N, 5A