Mãe, Tu arriscavas a tua Vida por Mim

     Pulsatilla Michael Levine-Clark via Compfight

     Tu colecionas os meus dentes de leite numa boca de barro, para recordares sempre a minha infância.

     Mãe, gosto muito que estudes comigo. Tu és uma pessoa sonhadora, sempre a imaginar coisas boas. És uma pessoa corajosa, que venceste uma leucemia, e, se eu estivesse em perigo, tu arriscavas a tua vida por mim.

     Lembro-me quando eu tinha partido o pé: eram três e tal da manhã, o médico queria que eu ficasse lá até às quatro só com uma ligadura. Então, “tomaste posse de Leão” e ZÁS, obrigaste o médico a pôr-me o gesso. Uma vez protegeste-me de um menino que estava a dizer mentiras: tu  viste nas câmaras de vídeo que eu dizia a verdade.

      Mãe, sei que estás a preparar uma festa fabulosa para os meus anos, com uma batalha de Nerfs! Tu sabes quando as coisas que eu quero são boas ou se vão partir logo e evitas um desperdício de dinheiro.

     Neste teu Dia, fica um infinito OBRIGADA por teres conseguido a Bomba dos Diabetes! Obrigada, Mãe, por me teres feito nascer, por me teres criado e por me teres tornado uma pessoa educada.

Francisco N, 5C

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *