Mãe, a Quem Eu Amo

     Sonnenberg Gardens & Mansion Historic Park ~ Canandaigua NY ~ Pink Tulip Onasill ~ Bill Badzo via Compfight

    Mãe, tu és uma pessoa carinhosa; por exemplo, com a minha idade, que tenho dez anos, ainda me tratas por “bebé”.

    Mãe, tu preocupas-te muito comigo, com os meus irmãos e não só. Quando eu cortei a língua, tu chamaste logo a ambulância, ficaste comigo dois dias no hospital e, durante um mês, cuidaste da minha comida especial.

    Mãe, tu és uma pessoa corajosa em enfrentar dificuldades. Admiro o teu espírito de sacrifício: fizeste um esforço para nos levar a todos aos Açores, para estarmos com a Família, na magnífica Passagem de Ano, no Clube Micaelense.

     Quando eu me portava mal, chamavas-me à atenção e eu punha-me logo na linha. Mãe, dás-me sempre o beijo da boa-noite, que, para mim, significa que sentes muito amor por mim. 

     Ensinaste-me a andar, Mãe, e, com esses passos, queres ensinar-me a seguir pela vida fora por caminhos bons.

     Mãe, aprecio seres compreensiva: quando me magoam, tu sentes, ficas do meu lado e defendes-me.

     Mãe, Agradeço-te porque me criaste: percebi que só queres tratar muito bem a mim e aos meus irmãos, dar-nos uma vida sempre melhor, sempre mais feliz!

5C Rafael Cy

 

Print Friendly

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *