O Ataque dos Aliens

Name That Film

Malcolm via Compfight

2025, dia 25 de Dezembro

    ” Alien –  Grutas –  Estação Espacial –

 Mundo Desconhecido –  Nave Alien

     Defensores – Nós;  Atacante – Desconhecido.”

     Fomos atacados de surpresa, enquanto abríamos as prendas no Natal… Conseguimos derrotar os inimigos – foi por um triz!

     Foi um dia triste, porque milhares de pessoas morreram.

    Tínhamos de saber quem tinham sido os atacantes. Tínhamos de saber!

   Então mandamos os nossos melhores astronautas combatentes ao mundo mais desconhecido e mais perigoso de onde, até a gora, nenhum dos nossos regressou. Temos vagas dúvidas de que são os habitantes desse mundo que nos atacaram.

     Os astronautas combatentes são João R, Robinson Crusoé e Greg Hefley. Robinson era o génio, João R, o músculo, o Capitão e Greg, o ajudante.

    No dia da partida, todos estávamos curiosos. Partimos então para o Planeta desconhecido. A viagem decorreu calma, com alguma turbulência; vimos os destroços das naves espaciais e íamos quase morrendo por causa de um asteróide colidir, a alta velocidade, com a nossa rota!

     Felizmente não bateu! UF! Safámo-nos por pouco.

   Quando chegámos vimos tudo vazio. A aterragem foi brusca: houve uma falha no programa: o trem de aterragem não desceu a tempo e colidimos contra um chão rochoso. Levantou-se uma poeira interstelar: quando saí, havia tanta poeira que tropecei; por pouco não caí para dentro de uma cratera, mas o meu capacete bateu contra o chão e partiu-se. Pensei que tinha acabado, mas consegui respirar. E disse:

      – Tirem os capacetes, soldados! Já estamos fartos destes fatos.

    E todos tiramos os fatos. Então, corremos tanto, penso que corremos 5 km seguidos, mas não encontramos nada. Corremos mais cinco quilómetros e lá encontramos um placard a dizer:

joao_rego_baseImagem: da Oficina

Eu pensei em tirar o “iaaa” e ficou “BASE”. Lá fomos a correr e encontramos um Alien!

(Continua)

João R, 7C

O Fantasma Poderoso e Assustador

     Inky, Blinky and OMGWTFBBQ!!!11 Jason Nobody via Compfight

    Dois rapazes foram ao cemitério, visitar o túmulo da bisavó, no seu dia de anos. Iam muito assustados com a escuridão, árvores assombradas e tudo muito repugnante.

     De repente, os dois amigos ouviram um som muito assustador a exclamar:

    – Saiam do meu cemitério, pois assim vão sofrer com a minha força e habilidade!

     Os dois amigos disseram, respondendo à voz estranha que lhes falara:

     – Só deixar fe-fe-fe-flores à nossa bi-bisa-bisavó, po-pode ser?

    – Não, voltem para trás, senão serão assombrados para todo o sempre.

   – Sim, está bem!

   De seguida, os dois amigos foram embora a correr, recambiados para casa, mas o fantasma nunca faria o bem, só seguia o caminho do mal;  os amigos, embora desconfiados, acabaram por pensar que o fantasma não lhes iria fazer mal.

    Ora o fantasma maldoso perseguiu-os até à sua casa e apoderou-se deles por terem invadido o seu território sombrio e repugnante. Tal e qual ele, maldoso, sombrio, poderoso e assustador.

    Os dois amigos perderam as suas namoradas, os seus amigos e seus pais perderam a confiança deles.

     Mas certo dia, o fantasma perdeu os seus poderes…

Vasco L, 5C